MANCHAS! O QUE PODE SER?

Com certeza você já deve ter escutado algo do tipo, “Mancha não tem cura! Tem que conviver com ela”, não?
Pois então, hoje nós vamos desmistificar esta frase, falando sobre os tipos de manchas e porque ocorrem.
As manchas nada mais são do que marcas pigmentadas na pele e que não apresentam um formato específico. As manchas elas podem ter várias colorações, desde mais escuras à brancas e podem sofrer alterações dependendo do tipo de mancha, e o nome dado a cada uma vai de acordo com a forma em que se apresentam no corpo ou no rosto.
Normalmente ocorrem a partir de um processo inflamatório, como espinhas, machucados, queimaduras e até mesmo por longos períodos de exposição solar. E hoje vamos falar de algumas delas.

OS TIPOS DE MANCHAS

Com um tom mais escuro existe a Melanose ou manchas senis. Essas manchas aparecem no corpo a partir de uma certa idade e revela um histórico de tempo no sol. O tratamento para este tipo de mancha pode ser a base de luz intensa pulsada, laser de CO2, peeling e Crioterapia.
Os Efélides ou sardas aparecem após longos períodos de exposição solar e geralmente aparece em crianças e adolescentes com a pele muito clara. Com a Luz intensa pulsada já se pode ter ótimos resultados, mas o peeling é uma alternativa.
Dentre os principais motivos de ocorrência do Melasma estão o uso de anticoncepcional, período após gestação ou exposição solar. Em geral ocorrem no rosto, na região do buço, testa e maçãs do rosto. Por ser uma mancha mais resistente, os tratamentos indicados podem ser o peeling ou microagulhamento.
Ceratose seborreica se apresentam em lesões ásperas, escuras ou esbranquiçadas. Este tipo de mancha costuma trazer incômodos estéticos aos que possuem e pode aparecer no rosto, couro cabeludo e tórax.
Apostar em dermocosméticos pode ser uma primeira opção, haja vista que os produtos clareadores podem resolver o problema das manchas.
Devemos ao máximo evitar as manchas, cuidando da exposição solar, controlar qualquer tipo de inflamação causado pela acne – claro, isso com ajuda do seu dermatologista -, usar protetor solar todos os dias e muito cuidado com tratamentos estéticos que podem causar algum tipo de inflamação.
Agora que você já sabe que existe vários tipos e causas para manchas, lembre-se de que: ao aparecer manchas na pele do rosto ou outra parte do corpo, consulte seu dermatologista. Somente ele poderá avaliar sua lesão e planejar com você o melhor tipo de tratamento, seja ele com procedimentos ou basicamente com dermocosméticos.

 

Ficou com dúvidas ou quer saber mais? Deixe-nos um comentário aqui em baixo.